Close
Quero conhecer
Quero conhecer
Luiza Albuquerque 20/04/2022 08:00:00 2 min leitura

Crypto as a service: entenda o que é e as oportunidades

Peter Diamandis, uma das maiores referências futuristas da atualidade e fundador da Singularity University, afirma que toda as tecnologias exponenciais passam por um processo de 6Ds, que começa com a Digitalização, passa pela Disrupção até chegar à Democratização, com  acesso rápido, fácil e instantâneo a qualquer bem ou serviço tecnológico.

O surgimento das criptomoedas e sua infraestrutura (o blockchain) como tecnologias exponenciais parece seguir este trajeto descrito por Diamandis: após digitalizar e descentralizar boa parte da burocracia necessária à geração e transação de valores, as criptos mudaram definitivamente o ecossistema financeiro e rumam rapidamente a uma disseminação global sem precedentes.

A democratização, no entanto, não acontece somente do lado do consumidor, estende-se também para empresas de diferentes tamanhos e setores que queiram incorporar Bitcoin, Ethereum e outros criptoativos em seus portfólios sem necessariamente enfrentarem obstáculos de desenvolvimento tecnológico, tempo de implantação, grandes investimentos, licenças e riscos a que não estão familiarizadas.

 

Mas afinal, o que é o Crypto as a Service (CaaS)?

O termo se refere a uma tendência global na democratização do acesso corporativo ao mundo dos criptoativos, em que o serviço é ofertado por empresas especializadas que já possuem as licenças, tecnologias e expertise para construir e gerir carteiras de criptomoedas. Assim, elas oferecem esta infraestrutura completa para outras empresas que querem trabalhar com cripto, mas não têm interesse nem capacidade de construir uma estrutura própria. 

No mundo ainda são poucas as empresas de CaaS, mas a tendência é de crescimento exponencial! No Brasil, o Bankly está chegando ao setor de criptoativos com força, reafirmando seu compromisso com inovação e oferta de serviços de ponta.